quarta-feira, 9 de julho de 2014

CONVERSA SÉRIA SOBRE FUTEBOL





CONVERSA SÉRIA SOBRE FUTEBOL



Ontem, o meu filho estava todo empolgado. Ele iria assistir no cinema, junto com o pai e um primo, a semifinal da Copa do Mundo entre Brasil e Alemanha.

Logo cedo, na ingenuidade dos seus sete anos de vida, ele tomava o café da manhã enquanto ia fazendo suas conjecturas sobre o jogo que assistiria mais tarde. 


Então me perguntou: "Mãe, você acha que o Brasil vai ganhar de quanto?"


E eu disse: "Filho, a Alemanha é uma seleção muito forte, eu acho que o Brasil não vai conseguir ganhar dela não..."


Ele reclamou: "Ah, mãe... Não diz isso que dá azar!"


"Meu filho, não é porque eu estou dizendo isso que o Brasil vai perder. Se ele tiver  sorte e jogar muito bem, pode até ganhar. Mas acho que a Alemanha é mais forte... Então, é melhor você se preparar porque o Brasil pode perder sim." – comentei.


Ele não gostou muito, mas aceitou a resposta e não disse mais nada sobre o assunto.


Mais tarde, quando o encontrei depois do jogo, perguntei com tom descontraído, mas com certa preocupação: "E aí filho, o cinema estava muito cheio? Infelizmente o jogo não foi muito bom desta vez, não é?" 


Ainda vestido com a camisa da seleção, ele cruzou os braços sobre o peito, olhou para o chão e falou com ar tristonho: "Estava cheio sim... E eu fiquei com muita vergonha..."


Então, eu o abracei e tentei consolá-lo, dizendo: "Essas coisas acontecem, querido... Não adianta ficar sonhando antes da hora. Um jogo só é decidido no campo. Lembra que eu disse pra você que a Alemanha era um time muito forte, e o Brasil corria um sério risco de perder o jogo? 


Com a voz embargada, ele falou: "É mãe, você disse sim... Mas nem me avisou que o Brasil ia levar tantos gols e perder de 7 a 1, né? Estou com MUITA VERGONHA do Brasil..."    


Para finalizar o assunto, olhei-o no fundo dos olhos e expliquei:  "Meu filho, a vida é assim. Num dia ganhamos e no outro podemos perder... É melhor você se acostumar com isso. O futebol é um divertimento, existe para causar emoção. Se já estivesse certo que o Brasil seria hexa campeão, não haveria a menor graça. Entende? Vou lhe contar algo muito sério. Existem várias coisas que acontecem no Brasil que dão MUITO MAIS VERGONHA QUE PERDER NO FUTEBOL, mas isso você ainda está muito pequeno para saber. Um dia, entenderá bem o que estou dizendo. Verá que perder um jogo de futebol por 7 a 1  não significa realmente nada..."



(Andra Valladares)

09/07/2014



SIM, TEMOS MUITOS MOTIVOS PARA CHORAR... 
INFELIZMENTE, NÃO POR CAUSA DO FUTEBOL... 


ACORDA, BRASIL!!!


NAS ELEIÇÕES É QUE DECIDIREMOS 
O JOGO QUE REALMENTE IMPORTA.

MOSTREMOS   O   NOSSO

PATRIOTISMO NAS URNAS!


Um comentário:

  1. Ótimo, Andra. Seu filho tem sete anos, muito tempo pela frente para entender o que realmente é importante e não. Seria BOM ganhar a Copa. Mas é IMPORTANTE construir um País. Ele terá tempo para fazer isso.

    ResponderExcluir